BLUE NAS REDES

converse com um consultor (11) 3805-5074 Escritórios

14.06.2020

Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

CORONAVÍRUS: MALTA ANUNCIA REABERTURA TOTAL DO AEROPORTO A PARTIR DE 15 DE JULHO

O primeiro-ministro de Malta Robert Abela anunciou neste domingo (14/06) que as medidas do plano de emergência de saúde pública declarado no auge da pandemia da COVID-19 serão removidas nos próximos dias.


Em uma entrevista para  a ONE TV na presença de jornalistas do MaltaToday, The Malta Independent e NET, Abela revelou que a partir de 15 de julho, todos os destinos de viagens estarão liberados.


No último dia 5 de junho, o governo maltês já havia divulgado uma lista de 18 países com livre acesso a Malta. Agora, mais seis países foram adicionados à lista de destinos seguros quando o aeroporto reabrir oficialmente em 1º de julho.


Itália, França, Polônia, Espanha, Croácia e Grécia serão todos adicionados à lista, embora ainda existam restrições a voos de determinadas regiões da França, Espanha e Itália, incluindo o norte da Itália.


Abela afirmou que o encerramento do plano de emergência significa também o fim de todas as outras  restrições relacionadas à COVID-19 no país. Com isso, o limite de 75 pessoas que havia sido definido anteriormente para reuniões públicas será completamente anulado, ou seja, eventos de grande porte poderão ocorrer novamente.


Vale reforçar que o fim das restrições no aeroporto será gradual: em 1º de julho, apenas para os 24 países listados acima e, a partir de 15 de julho, para todos os destinos restantes. As restrições nos portos de Malta também serão retiradas em julho.


IMPORTANTE: a abertura do aeroporto valerá apenas para os países que já conseguiram controlar o surto de coronavírus e achatar a curva de contágio. Infelizmente, o Brasil ainda não se enquadra nesse critério e terá que aguardar um pouco mais. No entanto, a Comissão Europeia também cogita a possibilidade de abrir exceções a essa regra e permitir a entrada de estudantes internacionais, visto que esse público é essencial para a movimentação da economia. A Blue acompanhará de perto os desdobramentos dessa decisão e informaremos assim surgirem novidades!


Questionado se o fim do estado de emergência de saúde pública influenciaria também o uso de máscaras, Abela disse que o uso sempre foi baseado nas diretrizes de saúde pública e não em qualquer obrigação legal de usá-las. Ele reforçou que o ideal é continuar seguindo as orientações das autoridades de saúde, mas caso seja  necessário, essas diretrizes seriam reavaliadas.


Abela enfatizou que o sucesso do plano de emergência de Malta foi reconhecido por todos.


"No momento, há 36 casos ativos e a taxa de mortalidade continua baixa", disse ele.


O primeiro-ministro também destacou que os incentivos econômicos do governo foram decisivos para salvar empregos e a preparar negócios para a fase de recuperação.


----


Só nos resta parabenizar Malta pela maneira brilhante com a qual tem enfrentado a crise do coronavírus. 


E você, futuro intercambistas, poderá desfrutar muito em breve deste destino fantástico. Estude inglês em um cenário repleto de história, cultura e cenários paradisíacos. Agende uma conversa com o seu Consultor Blue aqui.

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR

  • 22.06.2021

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    IRLANDA: McDonald’s anuncia a criação de 800 novas vagas de emprego em todo o país

    O McDonald’s anunciou um plano para criar 800 empregos em seus restaurantes na República da Irlanda este ano, expandindo sua força de trabalho no país para quase 6.000 funcionários.&...

    LER MAIS
  • 15.06.2021

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    IRLANDA DISPENSA NECESSIDADE DE VISTO PRÉ-EMBARQUE PARA BRASILEIROS

    A Ministra da Justiça da Irlanda Heather Humphreys anunciou na manhã de hoje (15/06) a flexibilização das restrições temporárias em relação aos vistos. A mudança entra em vigor a par...

    LER MAIS
  • 09.06.2021

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    O recomeço já é realidade: saiba como os nossos destinos estão superando os desafios da pandemia

    Depois de quase dois anos de muitas restrições e incertezas, finalmente, vários países europeus têm alcançado ótimos resultados no enfrentamento à pandemia. Graças a medidas ené...

    LER MAIS
FALE CONOSCO