BLUE NAS REDES

converse com um consultor (11) 3805-5074 Escritórios

12.07.2022

Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

Espaço Schengen: o que é e quais suas regras de circulação?

Imagina poder circular livremente por vários países da Europa sem a necessidade de apresentar o passaporte a cada fronteira?


Se você está planejando uma viagem ou intercâmbio no Velho Continente, provavelmente já sabe que isso é possível graças ao Tratado Schengen. 


No post de hoje, explicaremos tudo sobre esse espaço e suas principais regras de circulação. 


O que é o Espaço Schengen?


O espaço Schengen é uma área da Europa composta por 26 países que concordaram em abolir os controles em suas fronteiras para permitir a livre circulação sem restrições de pessoas, mercadorias, serviços e capitais, seguindo regras comuns de controle nas fronteiras.

 


Espaço Schengen é o mesmo que União Europeia? 


Não, nem todos os membros da União Européia (UE) ou países europeus fazem parte do Espaço Schengen. Tratam-se de duas zonas diferentes.


No entanto, mais da metade dos 50 países que estão na Europa fazem parte do bloco. 

 

Quais países fazem parte do Espaço Schengen?


Acompanhe a lista em ordem alfabética:

 

Alemanha;

Áustria;

Bélgica;

Dinamarca;

Eslováquia;

Eslovênia;

Espanha;

Estônia;

Finlândia;

França;

Grécia;

Hungria;

Islândia;

Itália;

Letônia;

Liechtenstein;

Lituânia;

Luxemburgo;

Malta;

Noruega;

Países Baixos;

Polônia;

Portugal;

República Checa;

Suécia;

Suíça.



Importante


Como podemos observar, com exceção da Islândia, Noruega, Suíça e Liechtenstein, todos os demais países que integram o Tratado Schengen fazem parte da União Europeia.

 

Quais países europeus NÃO fazem parte do Tratado de Schengen?


Acompanhe a lista em ordem alfabética:

 

Albânia;

Andorra;

Bielorrússia;

Bósnia e Herzegóvina;

Bulgária;

Cazaquistão

Chipre;

Croácia;

Irlanda;

Moldávia;

Mônaco;

Montenegro;

Macedônia do Norte;

Reino Unido – Inglaterra, Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte;

Rússia;

San Marino;

Sérvia;

Turquia;

Ucrânia;

Vaticano.



CURIOSIDADES


Apesar de Vaticano, Mônaco e San Marino não fazerem parte do Tratado Schengen, é possível entrar e sair de seus territórios sem a necessidade de apresentar documentos.


Vale destacar também que existem países que fazem parte da União Europeia, mas não integram o Espaço Schengen: Chipre, Croácia, Bulgária,  Romênia e Irlanda. 

 

Regras para circular no Espaço Schengen


1- Cidadãos dos países-membros do Espaço Schengen podem circular livremente no espaço, como se fosse um único país. 


2- Turistas - incluindo nós brasileiros - podem circular nesta zona por até 90 dias (consecutivos ou alternados) em um prazo de 180 dias.


3- Os 90 dias começam a valer a partir do dia de entrada e a contagem termina quando você deixa a área. Por exemplo: você pode passar 15 dias na Itália e ainda terá 75 dias para visitar qualquer outro país do Espaço Schengen dentro do período de 180 dias


4- Ao desembarcar no  primeiro país europeu que faça parte do Espaço Schengen, você deve apresentar o seu passaporte (e outros documentos) na imigração. 


5- Uma vez carimbado na entrada, o seu passaporte só será carimbado novamente quando você deixar o Espaço Schengen, sem a necessidade de apresentar a sua documentação novamente a cada fronteira interna.


Por que isso acontece?  


Devido ao acordo entre os países-membros, a checagem do primeiro país é o suficiente para permitir o trânsito em todo o território do Espaço Schengen. 

 

Documentos necessários para entrar no Espaço Schengen


Certifique-se de apresentar a versão original e impressa dos seguintes documentos: 

 

  • Passaporte válido por, pelo menos, três meses após a data de retorno de sua viagem e emitido há, no máximo, 10 anos;


  • Passagem de volta para o Brasil antes de 90 dias da data de sua viagem ao primeiro país visitado do Espaço Schengen; (Você pode adquirir sua passagem aérea com a Blue). 


  • Seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros de despesas médicas e hospitalares, desde sua saída até o seu retorno ao Brasil; (Adquira o seu seguro viagem com a Blue). 


  • Comprovante de hospedagem;


  • Comprovações financeiras, ou seja, documentos que atestem que você possui meios de se manter na Europa durante q sua estadia. O que vale como comprovação financeira: limite de cartão de crédito, extrato bancário ou dinheiro em espécie.


ETIAS: novo visto e mudanças à vista 


Até 2022, viajantes brasileiros têm livre acesso ao Espaço Schengen sem nenhuma exigência adicional. No entanto, a partir de 2023, será implementado o ETIAS, uma autorização Eletronica de viagem, com o objetivo de manter um controle mais rígido das fronteiras europeias. 


O ETIAS será emitido de forma rápida e totalmente online, mediante ao pagamento de uma taxa. 


Saiba tudo sobre o ETIAS neste post. 


——


Fique por dentro de tudo que acontece nos nossos destinos e nossas promoções do momento no Blog da Blue e através das nossas redes sociais. 


Para consultoria gratuita e orçamento personalizado, clique aqui

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR

  • 28.07.2022

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    Viajantes da União Europeia terão que solicitar autorização de viagem para entrar no Reino Unido

    O governo britânico planeja implementar um esquema de Autorização Eletrônica de Viagem em inglês, ETA), que exigirá que os viajantes solicitem uma permissão para visitar o país, incl...

    LER MAIS
  • 29.06.2022

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    FIQUE POR DENTRO DAS REGRAS PARA EMBARCAR EM CADA UM DOS NOSSOS DESTINOS

    Depois de dois longos anos de espera, finalmente, todos os nossos destinos já reabriram suas fronteiras. Mas, como a pandemia ainda não terminou, ainda é necessário tomar alguma...

    LER MAIS
  • 21.06.2022

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    SERVIÇO GRATUITO AJUDA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA A CONSEGUIR UM EMPREGO NA IRLANDA

    Se você é uma pessoa com deficiência e sempre sonhou em fazer intercâmbio, esse post foi feito especialmente para você!Estudar e trabalhar no exterior é uma oportunidade única de apr...

    LER MAIS
FALE CONOSCO