18.05.2020

Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

Coronavírus: Reino Unido divulga plano de reabertura do país

A exemplo de outros países europeus, o Reino Unido já iniciou seus planos para reabertura do país, no último dia 11 de maio. O plano detalhado foi anunciado em um documento de 60 páginas e traz as diretrizes para a retomada progressiva das atividades econômicas de forma progressiva. No entanto, caso o número de infectados volte a crescer, as restrições poderão ser impostas novamente.

O anúncio do plano de reabertura foi feito pelo primeiro-ministro Boris Johnson, em discurso televisionado noite de domingo, dia 10 de maio e o documento formal foi liberado no dia seguinte. Alguns países como Nova Gales e Escócia fizeram críticas a alguns pontos do plano e comunicaram que seguirão suas próprias regras de relaxamento do lockdown. 

No restante do Reino Unido, as regras começaram a entrar em vigor desde a semana passada e visam “substituir gradualmente as restrições sociais existentes por medidas inteligentes e efetivas”. 
Mais atividades fora de casa foram liberadas, contanto que seja respeitado o uso obrigatório de máscaras e mantido o distanciamento social nas ruas, sob pena de pagamento de multa.

O governo pretende relaxar gradativamente o confinamento até junho, quando as escolas de ensino fundamental e empresas - inclusive os serviços “não essenciais” - poderão reabrir. 

Os fãs de futebol também podem comemorar: a Premier League também poderá voltar (por enquanto com portões fechados ao público e restrições de contato entre organizadores e membros das comissões técnicas). O mesmo vale para os eventos culturais.

A ideia é que todo o comércio esteja reaberto até 4 de junho, o que inclui cinemas, pubs e salões de cabeleireiro.

Se a curva de contágio estiver controlada até julho, as escolas de ensino médio e o setor de hospedagem poderão retomar as atividades.

Os profissionais que não podem realizar seus trabalhos em casa, como trabalhadores da indústria e da construção civil foram liberados para voltar ao trabalho no último dia 13 de maio. Todas as empresas tem recebido do governo diretrizes para a diminuição do contágio no ambiente de trabalho.

É importante deixar claro que todas datas são apenas projeções, sujeitas a alterações pelos cientistas que prestam consultoria ao governo. O documento enfatiza também que o governo não busca somente a reabertura econômica, mas um equilíbrio “justo” entre economia e saúde pública.

O governo britânico reforça que o aumento ou relaxamento das restrições continuará até que surja um tratamento ou vacina eficazes contra o coronavírus.

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR

  • 05.06.2020

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    Coronavírus: primeiro-ministro da Irlanda anuncia aceleração do plano de reabertura do país

    O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, anunciou hoje (05/06) que o plano de reabertura do país será acelerado e terá duração reduzida.Agora ele passará de cinco para quatro fase...

    LER MAIS
  • 28.05.2020

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    Coronavírus: novas regras para chegadas na Irlanda entram em vigor hoje

    O governo irlandês segue atualizando suas medidas de contenção ao novo coronavírus.A partir de quinta-feira (dia 28/05), todos os passageiros que chegam ao país são legalmente obriga...

    LER MAIS
  • 27.05.2020

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    COMO LEVAR O SEU PET PARA O INTERCÂMBIO NA IRLANDA ATUALIZADO 2020)

    Quem tem um animal de estimação, sabe que eles não são simplesmente criaturinhas fofas que nos servem de companhia, mas sim membros importantes de nossa família. Por isso, para inter...

    LER MAIS

Solicite seu Orçamento

Vamos lá
QUAL(IS) O(S) PAÍS(ES) DESEJADO(S)?
FALE CONOSCO