15.05.2020

Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

Coronavírus: Irlanda anuncia protocolo de segurança para retorno ao trabalho

Como já havíamos adiantado aqui no Blog da Blue, membros de associações de varejo da Irlanda já haviam começarado a estudar possíveis medidas para a reabertura do comércio. Em seguida, foi a vez do governo irlandês anunciar a abertura gradativa no país, em um plano de 5 fases, começando a partir de 18 de maio.

Para garantir que esse retorno aconteça de forma segura para todos, a Irlanda lançou um protocolo obrigatório de segurança do trabalho.  O documento estabelece quando diferentes setores poderão reabrir. Profissionais que atuam em escritórios, por exemplo, devem continuar trabalhando de casa temporariamente.

O protocolo também determina como as empresas deverão proceder após a reabertura para reduzir a disseminação da COVID-19 no ambiente de trabalho.

Health Safety Authority (HSA), departamento de vigilância sanitária irlandês, realizará inspeções nos locais de trabalho e fornecerá orientações aos empregadores. Caso não sejam  implementadas, a HSA poderá determinar o fechamento do estabelecimento.

Empregadores e funcionários devem manter-se atualizados com as mais recentes diretrizes e orientações de HSE - Healh Service Executive - Agência de Serviços Sociais e Saúde.

Você pode conferir o protocolo na íntegra (em inglês) neste link . O documento estabelece as precauções básicas necessárias em todos os locais de trabalho, condições diferenciadas, a depender do local de trabalho. O protocolo pode mudar ou ser atualizado com o passar do tempo. 

Por isso, recomendamos acompanhar atentamente o Blog da Blue. Continuaremos adicionando informações a este post à medida que o protocolo for atualizado e informações mais detalhadas forem divulgadas.


Retomando a rotina

Todos os empregadores devem tomar as seguintes providências de segurança antes de reabrir seus negócios e locais de trabalho.

Designar pelo menos um encarregado para garantir que as medidas de segurança estejam em vigor e sejam seguidas.

Atualizar seus planos de negócios e segurança, incluindo um plano de resposta comercial COVID-19, avaliação de riscos de saúde e segurança do trabalho e a alvará de segurança. 

-Incluir nos planos de segurança medidas sobre como lidar com  casos suspeitos de COVID-19 e nomear um encarregado de lidar com casos suspeitos.

-Desenvolver,comunicar e implementar mudanças ou novas políticas no local de trabalho.
Enviar um comunicado a respeito do retorno ao trabalho aos funcionários com pelo menos três dias de antecência à reabertura.

-Oferecer treinamento/capacitação sobre a COVID-19 para todos os funcionários.

-Realizar verificações de temperatura em conformidade com as autoridades de saúde pública.


Ir e voltar do trabalho...

O protocolo ainda não divulgou sobre transporte público, mas estas devem ser publicadas em breve.

Para quem utiliza automóveis, recomenda-se fazer o trajeto sozinho ou, no máximo, com mais um passageiro, desde que sejam cumpridas as diretrizes de distanciamento físico. O empregador deverá fornecer álcool gel e e outros recursos de limpeza para os veículos que se deslocam ao trabalho.

Como ficar seguro no ambiente de trabalho

Patrões e funcionários devem trabalhar em conjunto para ajudar a reduzir a propagação da COVID-19. Cabe ao empregador:

Providenciar instalações de higiene apropriadas, exibir aviso de boas práticas de lavagem das mãos e ventilação adequada. 

Disponibilizar lenços, caixas ou sacolas para despejo de material descartável pelos funcionários. 

Esvaziar lixeiras regularmente e fornecer orientações sobre as melhores práticas respiratórias.

Promover o distanciamento físico em todas as atividades de trabalho em pelo menos 2 metros. (durante os Intervalos, trocas de turno, organização de reuniões e instalações da cantina, precauções para evitar apertos de mão, compartilhamento de xícaras ou canetas, adaptação proceidmentos de entrada ou saída). 

Instalar barreiras físicas, como biombos ou baias transparentes entre os funcionários, onde o afastamento de 2 metros não seja possível.

Manter registros de quaisquer atividade em grupo para facilitar rastreamento de contatos.

Promover a limpeza regular no ambiente de trabalho e fornecer álcool gel para higienização das mãos.

-Fornecer equipamento de proteção individual (EPI) e trajes de proteção onde exista  risco de exposição à COVID-19, de acordo com as diretrizes de saúde pública. 

Certificar-se de que os funcionários estejam cuidando de sua saúde mental e bem-estar e estejam cientes da existência de programas de assistência a funcionários.

Caso o funcionário apresente sintomas do vírus durante o expediente, o empregador deverá ter uma área de isolamento designada para os funcionários e seguir um procedimento específico:

O funcionário responsável por tais cuidados deve direcionar a pessoa para a área de isolamento designada, seguindo uma rota previamente determinada.

- Ele deve manter uma distância de segurança de 2 metros.

-Deve também garantir que a pessoa permaneça isolada antes de providenciar o transporte para casa ou para uma instalação médica, evitando o transporte público.

-Precisa também realizar uma avaliação de risco completa do incidente para definir quais ações adicionais precisam ser adotadas, se houver.


Como funcionário, você deve:

- Seguir as orientações da autoridade de saúde pública.

-Trabalhar em conjunto com seu empregador e seguir os procedimentos e instruções da sua empresa para garantir a segurança.

-Adotar boas práticas de higiene, como lavagem frequente das mãos, etiqueta respiratória e distanciamento físico.

-Procurar orientação médica caso não se sinta bem.

-Evitar ir ao trabalho se tiver algum sintoma de COVID-19.

-Informar ao seu empregador caso você acredite que existam fatores de risco no seu trabalho ou você esteja preocupado em contaminar um membro da sua família. 

Informações adicionais

Donos de empresas ganharam um canal para obter informações sobre os auxílios financeiros e consultoria de negócios e ajudar seu fluxo de caixa, folha de pagamento e investimentos a longo prazo. O Departamento de Negócios, Empreendedorismo e Inovação criou um call center para fornecer informações sobre todos os auxílios disponíveis para as empresas afetadas pelo COVID-19. Basta ligar para 01 631 2002 ou enviar um e-mail para infobusinesssupport@dbei.gov.ie. 

A Blue Intercâmbios segue acompanhando todos os desdobramentos da crise do coronavírus na Europa, em especial na Irlanda, Malta e Inglaterra. Você pode ficar por dentro de tudo no Blog da Blue, em nossas redes sociais ou conversando com um de nossos consultores, clicando aqui.

Até a próxima! 
 

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR

  • 05.06.2020

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    Coronavírus: primeiro-ministro da Irlanda anuncia aceleração do plano de reabertura do país

    O primeiro-ministro irlandês, Leo Varadkar, anunciou hoje (05/06) que o plano de reabertura do país será acelerado e terá duração reduzida.Agora ele passará de cinco para quatro fase...

    LER MAIS
  • 28.05.2020

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    Coronavírus: novas regras para chegadas na Irlanda entram em vigor hoje

    O governo irlandês segue atualizando suas medidas de contenção ao novo coronavírus.A partir de quinta-feira (dia 28/05), todos os passageiros que chegam ao país são legalmente obriga...

    LER MAIS
  • 27.05.2020

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    COMO LEVAR O SEU PET PARA O INTERCÂMBIO NA IRLANDA ATUALIZADO 2020)

    Quem tem um animal de estimação, sabe que eles não são simplesmente criaturinhas fofas que nos servem de companhia, mas sim membros importantes de nossa família. Por isso, para inter...

    LER MAIS

Solicite seu Orçamento

Vamos lá
QUAL(IS) O(S) PAÍS(ES) DESEJADO(S)?
FALE CONOSCO