12.02.2020

Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

INTERCÂMBIO EM LONDRES: CURIOSIDADES SOBRE A GUARDA DA RAINHA

A Guarda do Palácio de Buckingham é um verdadeiro símbolo da monarquia britânica.  Há anos, os fiéis escudeiros da rainha fascinam e despertam a curiosidade de visitantes de todo o mundo. 

Os guardas do palácio seguem um conjunto de regras e padrões. Algumas são adotadas por razões de segurança, já outras parecem não ter nenhuma lógica. A guarda está em atividade desde 1660 e fazem parte da divisão de agregados familiares. Eles tem como função principal guardar o Palácio de Buckingham e o Palácio de St. James em Londres.
Embora a “Queen’s Guard “tenha 36 soldados e três oficiais, apenas quatro guardas ficam do lado de fora do palácio quando a rainha está em casa e dois ficam de guarda quando ela está ausente. Eles tem como rotina um procedimento conhecido como a Troca da Guarda, em frente ao Palácio de Buckingham e ao Palácio de St. James. 

Mas por que eles fazem isso? 

A Troca de Guarda começou há 520 anos, quando a infantaria de elite realizou a cerimônia no Palácio de Whitehall, que acabou sendo transferida posteriormente para o Palácio de St. James. Depois que a rainha Victoria se mudou para o Palácio de Buckingham, em 1837, a cerimônia permaneceu no St. James's Palace e também no Palácio de Buckingham.

Vamos conhecer algumas curiosidades inusitadas sobre a Guarda Real? 

- Os recrutas devem passar no teste de Bateria para Recrutas do Exército Britânico (ou BARB) antes de ingressar na guarda.  O exame dura 30 minutos, é feito no computador e avalia a capacidade na resolução de problemas e as habilidades analíticas. O teste também examina a capacidade do recruta de se adaptar a diferentes funções no exército britânico.

- Os guardas devem permanecer imóveis. Enquanto em estiverem em posição de guarda, eles não devem se mover, mas podem marchar de um lado a outro da rua depois de permanecerem imóveis por pelo menos 10 minutos. Os guardas permanecem de serviço por duas horas e de folga por quatro horas.- Os guardas não devem ser tocados. Caso tente tocar um guarda, você, provavelmente, levará uma bronca. Segundo o jornal The Huffington Post, um turista tentou fazer isso e recebeu de volta uma pancada. Um guarda explicou o protocolo. “Primeiramente, chamamos a atenção dos visitantes com uma advertência verbal. Caso eles não se afastem ou comecem a agir agressivamente, apresentamos nossas baionetas para lembrá-los de que podemos fazer mais estrago do que eles. Mas, geralmente a polícia é rápida e resolve os problemas " - disse ele. “As pessoas não devem tentar provocar os guardas. Simplesmente porque não é respeitoso".

- A razão original pela qual a Guarda da Rainha usava um chapéu de Pele de Urso era fazer com que a guarda parecesse mais alta e mais intimidadora.  Os chapéus são feitos de pele de urso real, embora o palácio já tenha experimentado pele sintética.  As cores do pêlo sintético desbotavam facilmente, então o palácio voltou ao pêlo real. Que bola fora, hein, Queen Elizabeth? 

- Como os guardas precisam permanecer em seus postos independente do que aconteça, eles recebem calças pretas para o caso de não conseguirem chegar ao banheiro a tempo.  A história virou uma espécie de lenda nos tabloides locais e não se sabe até que ponto ela é verdadeira, mas há quem jure já ter visto guardas deixando enormes poças no meio de cerimônias super importantes no palácio.

- Já parou pra se perguntar por que vide nunca viu Guarda da Rainha sorrindo?  De acordo com o jornal britânico News um dos motivos pode ser financeiro. Se um superior flagrar um guarda sorrindo ou rindo, ele poderá suspenso por alguns dias, e receber descontos no salário que podem chegar em torno de £275.

- Os guardas tem um protocolo específico até para desmaiar. Caso se sinta fraco, ele deve desmaiar em “posição de atenção”, caindo numa posição reta e de bruços.  Isso é chamado de "desmaio disciplinar", razão pela qual circulam na internet muitas imagens de guardas de bruços. 

- As mulheres não têm permissão para servir em unidades de combate corpo a corpo no Exército Armado Britânico. Atualmente, as mulheres podem servir em unidades de apoio ao combate, como artilharia, engenheiros, apoio aéreo e apoio logístico.


Que loucura, né? Conhece alguma outra curiosidade sobre a Guarda da Rainha?


Que tal viver tudo isso de perto? Um intercâmbio em Londres é a oportunidade perfeita pra isso! Vem conversar com o nosso time de consultores clicando aqui.

VOCÊ TAMBÉM PODE SE INTERESSAR

  • 17.02.2020

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    INTERCÂMBIO PARA MENORES DE IDADE: É POSSÍVEL? (MANUAL COMPLETO)

    A resposta é sim. Um intercâmbio é uma oportunidade única de aprendizado e amadurecimento para todas as idades. Imagine então o impacto positivo que essa experiência pode ter para c...

    LER MAIS
  • 06.02.2020

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    NOVAS REGRAS PARA A ENTRADA DE BRASILEIROS NA EUROPA - CONHEÇA O ETIAS

    Atualmente,  brasileiros que pretendem fazer intercâmbio na maioria dos países da União Europeia, precisam apenas apresentar um passaporte brasileiro válido na chegada ao aeropo...

    LER MAIS
  • 06.02.2020

    Rodrigo Carvalho - Redator da Blue

    Escolas de Inglês em Malta: porque estudar na AM Language?

    Malta não é apenas uma ilha paradisíaca cheia de belezas para desbravar. Seu território já foi uma colônia britânica, o que significa que o inglês está na essência no país, tanto no ...

    LER MAIS

Solicite seu Orçamento

Vamos lá
QUAL(IS) O(S) PAÍS(ES) DESEJADO(S)?
FALE CONOSCO